Sinceridade.

A palavra sinceridade tem o significado de qualidade, estado ou condição do que é sincero; franqueza, lisura de caráter. Ser sincero, atualmente, é ser dotado de uma qualidade que poucos têm. Dizer a verdade nem sempre é tarefa simples, chega a exigir grande esforço. Dentro de um diálogo é um exercício duplo em que o locutor deve dizer o que realmente pensa e o ouvinte que deve absorver as palavras proferidas. Ouvir elogios é prazeroso e afaga a alma, mas ouvir críticas e palavras duras pode machucar profundamente. Porém a vida não é feita só de momentos bonitos como em um conto de fadas de “viveram felizes para sempre”. A sinceridade em uma crítica corre uma linha tênue, pois ela pode passar de crítica construtiva para destrutiva, sendo na verdade uma grande “bronca” opressora, e ao invés de gerar momento de reflexão cria dor, nutre sentimentos que nos fazem mal. Penso que devemos sim ser sinceros, pois faltar com a verdade pode causar mais dor do que uma conversa indigesta. Deve haver um propósito e não fique só em uma crítica pela crítica.