Mãe, amiga, parceira, companheira: MULHER.

No dia 08 de março é comemorado o dia Internacional da Mulher. A data representa momento de reflexão impulsionado pelos canais de comunicação e ações de políticas públicas voltadas para igualdade de gênero. Atualmente a dedicação é para todo o mês de março, chamado publicamente, o Mês da Mulher. Mas de fato, se é necessário tal investimento em prol desse tema, é porque a nossa civilização ainda carrega traços de barbárie. Não conseguimos respeitar e dar valor as mulheres. Reproduzimos padrões de comportamento de uma sociedade carregada de traços históricos onde a mulher é menosprezada. Falta igualdade, infelizmente, e isso deveria entristecer, nós, homens. O respeito pela mulher e pelos demais gêneros, deveria ser algo natural, enraizado nos valores morais. Respeitar não é só comprar um presente no dia de hoje, e depois expressar tratamento misógino. Respeitar é entender as nuanças, compreender os dilemas dela, acima de tudo, e penso que mais importante, trata-las com igualdade. Vivemos no século XXI, moderno, da era informação, da sociedade de redes e do mundo globalizado, mas ainda não conseguimos dar o mesmo grau de importância a pessoa que está ao nosso lado, pessoa que nos de a vida, a primeira nos alimentar antes mesmo que conseguíssemos abrir os olhos ou dizer uma só palavra. As mulheres merecem respeito e igualdade, hoje e sempre.